terça-feira, maio 30, 2006

Savonarola

O Vasco Barreto escreveu bem sobre o Rui Costa. É impossível não gostar do Rui Costa. A sua aristocracia atlética (como é bonito ver Rui Costa a correr e a passar de cabeça levantada) só é comparável ao seu encanto suburbano. Em Florença, chamavam-lhe Príncipe. Penso que a analogia teria qualquer coisa a ver com os Medicis, mas sou da opinião que ele é mais um Savonarola da Damaia: comete muitos excessos estéticos e o seu futebol procura - contra tudo e contra todos - a perfeição moral e religiosa. O pressing desmiolado é o seu anti-cristo e foi enforcado na selecção. Por uma turba ao serviço dos papas do costume.

*actualizado após um lamentável erro de grafia: savonarola, savonarola, savonarola....

2 Comments:

Blogger Ana Cláudia Vicente said...

Savonarola, Francisco, e da Damaia.

[hoje estou um bocado preciosista, para não dizer minhoquinhas]

3:35 da tarde  
Blogger Pedro Soares Lourenço said...

Exacto. Belo post.

5:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home