domingo, julho 02, 2006

Portugal-Inglaterra

Hoje falei ao telefone com um amigo que estava em Amsterdão e que encontrei no jogo. Basicamente ele confessou-me estar a sofrer de uma ressaca diabólica. É que depois de ter passado a tarde na arena de Gelsenkirchen - onde passeou os seus peitos bem definidos perante o choro das inglesas - ainda foi fumar substâncias legais a um coffee shop e acabou numa discoteca manhosa que, todavia, me garantiu ser o ex-libris da noite holandesa. Foi este meu amigo que, após um curto telefonema, resumiu lapidarmente o meu estado físico após 24 horas a pé que incluiram, entre várias outras actividades, almoçar com o Medeiros Ferreira e uma lolita bastante pérfida, cravar cigarros ao Marques Mendes e passar três horas numa sauna entre holligans ingleses - cujos os cântigos como "the referee is a wanker" seriam insuportáveis não tivesse eu contado com o apoio do João e de dois adeptos fanáticos da selecção que, por mero acaso, eram cidadãos naturais do Kirguistão. Estava eu a dizer que o meu amigo resumiu o meu estado físico com um singelo (desculpem o francês, é um vez sem exemplo): "Chico, estás todo fodido!". Esqueceu-se ele de dizer que eu estava "fodido" mas feliz. É que aqui o canil aprecia muito os requintes de malvadez. E agradece penhorado aos dois jogadores que falharam os penaltys da manshaft. Não valia a pena.

1 Comments:

Anonymous Medeiros said...

Caro Francisco:
Foi um verdadeiro prazer compartilhar contigo a ida a Gelsenkirchen,a mesa apetitosa do almoço, o abraço depois da vitória, a apreciação da vida ao redor.A Lolita está é a crescer depressa..

7:01 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home