terça-feira, abril 04, 2006

E agora uma informação completamente inútil

Posso garantir que quase dois terços das câmaras municipais capitais de distrito optaram pelo compositor Vivaldi para entreter telefonicamente os seus estimados "clientes". Dada a enorme média de tempo de espera (e a habitual visita a vários departamentos antes de chegar onde se precisa), a expressão "dar música" parece-me mais adequada do que nunca.

3 Comments:

Anonymous isabel said...

Feio e cliché dizer mal da função publica... ligue para a tv cabo e vai ver se é atendido mais depressa.

3:33 da tarde  
Anonymous isabel, func. publ. said...

Tava um nadinha ressabiada no post acima... fui "extinta" a pouco tempo, farto-me de trabalhar e ainda ninguem (tirando os jornais e o portal do governo) me deu cavaco sobre o meu futuro...

3:36 da tarde  
Blogger objectiva3 said...

Antes Vivaldi que os "violinos de Chopin" ??!

;))

8:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home