quarta-feira, fevereiro 22, 2006

Homenagem aos benfiquistas (é só hoje, não se habituem)

Deixo ficar três postas, de três benfiquistas, sobre a joga com o Liverpool, que li esta noite na blogoesfera. Eles estão contentes, que é que se há-de fazer! Até mereceram, diz o meu coração verde.

José Medeiros Ferreira, no Bicho Carpinteiro

Um jogo de futebol inteligente
O Benfica-Liverpool foi um jogo de futebol concebido com inteligência pelos treinadores das duas equipas, Koeman e Benítez.Os jogadores executaram quase ao pé...da letra as suas instruções.Sou um adepto do futebol colectivo de treinadores, e não do futebol individualista de vedetas.Por isso, esta noite no estádio da Luz completamente cheio, fartei-me de dizer ao meu filho:Gosto da racionalidade deste jogo.E ele:desde que ganhe o SLB!Como aconteceu!



Rita Tavares, no Taxi

Welcome to hell
O Benfica é de loucos. Confirmado. Passo o túnel, os apertões e pelo caminho alinho nas bocas da casa - pessimistas e sem esperança, porque isso é para os fracos. No estádio a Vitória já apontava ao poleiro. Acertou. A malta vibra quase tanto como quando a cabeça do Luisão... Bem, já lá vou. Piso 3, sector 9, fila V, cadeira 10. Vê-se bem daqui. É quase melhor do que aquele do outro dia. Porreiro. Isto 'tá compostito. Cheio. Bonito. Eh pá! Bonito é pouco. Chiça, somos os maiores! Querem ver que ganhamos? Aiiiiiii! Vade retro bicho. Vamos perder e ponto. Não atinam no ataque, já se esperava. Atinam na defesa, não se esperava. Menos mal. Corram mulas! Aqui e ali vai saltando um filho da puta. Para quem? Ninguém. Porquê? Sei lá! Mas há explicação para a cuspidela de alma de um benfiquista angustiado? Deixa-os estar. Mais 45. E o Beto que não nos larga! E o Simão! Mete o Karagounes. Mete o angolano que ele escangalha essa defesa toda. Os mimos vêm lá detrás, onde cada frase acaba num 'alho' com acento do Norte, onde o Manchester vira Manssester, onde o bigode enquadra o boneco. Onde o Benfica vive. Entra o grego, o jogo muda. O jogo muda, entra o grego. Pouco interessa. Aos 84 estava nas redes. Como? Não vi bem. Entre o pé do Petit e o canto-da-baliza-com-a-bola-aconchegada, perdi o Luisão. Pouco interessa. Não consigo pintar o Táxi de vermelho. Pouco interessa. Não vou a Liverpool. Pouco interessa. Vamos perder com o Porto. Menos ainda interessa. Dos 84 aos 90 foi delirante. Desmedido. Sem igual. Aconselho. O céu e o inferno afinal são parecidos.


E ainda o magnífico, delirante, relato do João Pedro Henriques, praticamente em directo (ponho três das mais de vinte postazinhas. Vale a pena irem aqui, ao Glória Fácil, lê-las todas.

36m40 - Pontapé de baliza! (Entretanto, há alguns minutos atrás, um mariquinhas do Liverpool saiu de maca só porque levou um pontapé na cara.)
86m00 - O Luisão marcou de cabeça. E, curiosamente, a bola até ia alta. Não é como o João Pinto, que gosta de marcar de cabeça quando a bola vai rente ao chão.
91m15 - Porque é que os jogadores das equipas portuguesas de futebol se penteiam todos na Isabel Queiróz do Vale?

3 Comments:

Anonymous gilvicente1000 said...

Vi o jogo pela ITV.
O comentador bife falava sistematicamente na "insegurança" e na "falta de imaginação" do Benfica.
Ist até que a cabeça rapada (salvo seja) do Luisão pôs os 2devils" em sentido.
A partir daí, referiu 3 ou 4 vezes as desventuras do Manchester às mãos (ou aos pés) dos lampiões.
Estou de acordo convosco: ontem fomos todos benfiquistas.

9:51 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Nã, Nã. Uma vez benfiquista, para sempre benfiquista. Já é altura de acabar com esses mitos de que não se muda de clube, blá, bçá, blá..
Se realmente sente uma atracção, por mais recôndita que seja, deixe-a libertar-se e verá a LUZ.
Não seja presa de preconceitos e das suas proprias ideias, deixe-se levar pelo acaso. Quantas vezes, oh quantas, perdemos coisas de real significado pela nosso total embotamento e incapacidade de seguir os nossos sentimentos vitais.
Na vida é necessária uma CENTELHA, uma LUZ, um RUBRO fervor.
Liberte-se compre um KIT Sócio do Benfica, e terá direito a uma promoção especial na viagem a Liverpool.
(oferta limitada e só valida até 22.02.06)

10:05 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Essa do pontapé na cara lembra-me o tempo em os jogadores da equipa do major tinham carta branca para agredir quem aprecesse pela frente. Resultado - Foram campeões nessa época. Agora, parece as coisas arrastam-se pelos tribunais...

5:59 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home